12 de outubro de 2016

Listas » Os 5 livros favoritos da minha infância


Eu sempre fui uma ratinha de biblioteca desde criança. Passava horas observando até banquinhas de jornal, com todos aqueles gibis da Mônica e quadrinhos do Mickey. Eu era apaixonada por gibis! Estudei numa escola pública que nem tinha uma biblioteca tão grande assim e uma bibliotecária que era o terror da escola de tão brava, mas foi lá que descobri os primeiros livros que me encantaram e me despertaram para o prazer da leitura. Esse clima de crianças pra cá, crianças pra lá, me deixou toda nostálgica e me inspirou a fazer uma postagem a respeito dos meus livros favoritos quando eu ainda era uma pequena padawan literária. Entre comigo no clima do Dia das Crianças, e conheça agora os cinco livros favoritos em ordem de preferência da baby Débora!



O1. Manual Prático de Bruxaria em Onze Lições

Taí a prova que desde pequena meu espírito já era todo trabalhado nos gostos excêntricos ♥ Todas as gatinhas da classe pegando emprestado livrinhos de contos de fadas, e eu brigando com a bibliotecária doida pra ela estender meu prazo do empréstimo do Manual Prático de Bruxaria em Onze Lições, hahahaha. Escrito pelo autor Malcolm Bird, este livro é o máximo, gente! Eu amava, sério. Ele era grandão e de capa dura, parecia um livro de bruxa mesmo, tudo o que eu mais queria naquela época era ter ele pra mim!
Ele é dividido em capítulos super interessantes, como por exemplo Como escolher e mobiliar a casa, A cozinha da bruxa, O jardim da bruxa, Tratamentos de beleza, Como jogar feitiço e muitos outros. O livro era todo cheio de ilustrações e os textos eram bem criativos, e eu achava o máximo tudo aquilo. Certamente foi um dos livros que mais estimulou minha imaginação naquela época. Deu pra ver que essa pegada de bruxas e fantasmas nunca me assustou mesmo, né? hahahaha



O2. O Pequeno Vampiro

Olha aí de novo o sobrenatural me perseguindo. Meu segundo livro preferido era O Pequeno Vampiro, da autora Angela Sommer-Bodenburg. O livro tem várias sequências (foram 15 volumes publicados no Brasil), mas naquela época eu só conhecia o primeiro (na verdade nem tinha os outros volumes lá na biblioteca da escola) e acho que li e reli umas 500 vezes. Levava pra casa numa semana e devolvia chorando. O livro conta a história de Anton, um garotinho simpático apaixonado por histórias de vampiros, que de repente recebe uma visita inesperada em seu quarto: um vampirinho de verdade! Dá pra imaginar o quanto ele ficou feliz, né? Os dois se tornaram grandes amigos e viveram altas aventuras juntos. Ai gente, só de lembrar já quero ler de novo! Vou comprar todos os 15 volumes e relê-los na escuridão na noite tomando toddyinho, bloody kisses.



O3. Caos Químico

Aí está outro livro da biblioteca do colégio que ficava coberto pelas digitais de Débora toda semana. Deixando um pouco meu lado trevoso de lado e migrando para nerdices, Caos Químico tem autoria de Nick Arnold e pertence à coleção Saber Horrível, outra série de livros que eu queria ter todinha em casa AGORA. É um livro muito do maravilhoso, pois consegue explicar para as crianças conceitos bem complicados de forma totalmente leve e descontraída, cheio de ilustrações e piadinhas. Eu lembro que realmente aprendia muita coisa e ficava sempre tagarelando pra minha mãe coisas de ciências dentro de casa, rs. Na verdade, acho que eu aprendi mais conceitos de química e ciência com esse livro do que com todos os meus professores do ensino médio, juro HAHAHAHA. Nele haviam explicações interativas sobre química e ciência no geral, experimentos, testes e muito mais. Era uma graça.



O4. Caçadas de Pedrinho

Finalmente chegamos num livro neutro! Já chega por hoje de bruxas ou nerdices, hahaha. Caçadas de Pedrinho, do grande Monteiro Lobato, certamente foi o primeiro livro DE VERDADE (sabe, sem desenhos e brincadeiras e tal) que me conquistou de primeira. Lembro que enquanto ia lendo e a história ia acontecendo, eu me encantava de uma tal forma que quase podia me sentir uma moradora do Sítio do Picapau Amarelo. Gente, era muito amor! Simplesmente devorei o livro, mesmo talvez não compreendendo completamente a valiosíssima mensagem deixada por Lobato em suas linhas. De forma simples e singela, o livro é extremamente cativante à sua maneira e traz belíssimas aventuras para crianças de todas as idades se deliciarem e nunca esquecerem da jovialidade que há em seu coração.



O4. Dicionário de Inglês Ilustrado da Turma da Mônica

Eis que nasce uma tradutora! Encerrando minha lista de favoritos está o Dicionário de Inglês da Turma da Mônica, uma edição de capa dura e toda trabalhada com uma delicadeza que só Maurício de Sousa conseguiria fazer. Meu gosto por esse livro é a prova de que os idiomas sempre me despertaram muito interesse, desde que eu era um filhotinho de gente... e lembrar desses interesses precoces me faz ainda ter mais certeza de que escolhi a carreira certa para minha vida: futura tradutora e intérprete. Eu era completamente apaixonada por essa edição, que ganhei de presente da minha madrinha. As páginas eram divididas por temas (colors, food, pets, family, days of the week, etc etc.) e era incrível aprender um novo idioma com a Turma da Mônica. Vinha até um CD para ajudar na pronúncia! Com certeza um dos melhores presentes que já ganhei na vida, não só por eu ter amado demais, mas também pois me ajudou a perceber desde cedo que os idiomas sempre fariam parte da minha vida e da minha história ♥


É isso aí, pessoal! Esses são os livros que mais marcaram a minha infância!
E os seus, quais são? Comente comigo ♥

4 comentários:

  1. Oie Débora, tudo bem? Eu adorei as suas dicas! Me fala uma coisa, eu estou curiosa: o livro O livro O Pequeno Vampiro é mais ou menos a mesma história do filme? Ou não tem nada a ver?

    Beijoooo! ^.~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie ♥ Fico feliz que tenha gostado do post!
      Então flor, até onde sei o filme é sim baseado no livro, mas o roteiro em si não é 100% fiel, tem muita coisa que diverge da história original, tanto que até os nomes dos personagens principais foram modificados. Então acho que o filme só captou a essência do livro mesmo, sem se preocupar tanto em retratar a história original com todos os detalhes. Um beijo! <3

      Excluir
  2. Esse manual prático de bruxaria é sensacional!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Débora
    Queeeee fantástico esse post!!!!
    Siiiiim duplamente fantástico pela qualidade do post e pelas indicações.
    Desses conheço Caçadas de Pedrinho e Caos Químico, siiim tb aprendi + com o livro que com meus profs de química rs
    Agora eu "garrei" de amor em O Pequeno Vampiro, quero *0* um amigo vamp!!!!
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu interesse e disposição em comentar a postagem do blog!

Espero que tenha gostado de sua visita.
Volte sempre! :-)