26 de setembro de 2015

Resenha » E Não Sobrou Nenhum (Agatha Christie)


Podemos dizer que E Não Sobrou Nenhum é um verdadeiro clássico da literatura. É o livro mais vendido da autora Agatha Christie e um dos maiores best-sellers de todos os tempos. A história começa descrevendo simultaneamente uma viagem e os pensamentos de oito pessoas aleatórias que sem saber estão indo para o mesmo local: Ilha do Soldado, em Sticklehaven, Devon (Inglaterra). À convite de um misterioso Mr. Owen, quase todos os convidados não sabem ao certo para onde estão indo, mas resolveram encarar a aventura por algum motivo, seja por diversão ou por oferta de trabalho. Mesmo cheia de mistérios e suspeitas, a viagem segue e o grupo acaba inevitavelmente se encontrando no final com certa estranheza, uma vez que ninguém esperava companhia. Ao total, são oito viajantes: o médico Edward Armstrong, a senhora Emily Brent, o misterioso William Blore, a jovem Vera Claythorne, o capitão Philip Lombard, o general John Macarthur, o boêmio Anthony Marston e o juiz Lawrence Wargrave. Em questão de horas estão todos seguindo para a casa misteriosa isolada na ilha, sem ao menos desconfiar que além dessa, eles fariam apenas mais uma viagem na vida: a travessia para a morte.


Ao chegarem na mansão misteriosa, se deparam com mais duas pessoas que completariam o quadro dos 10 personagens principais da narrativa: Thomas e Ethel Rogers, o casal de mordomos responsáveis por manter a ordem da grande casa. Tão perdidos quanto o restante do grupo, o casal também não fazia ideia de onde havia se metido, pois foram enviados para a mansão por uma agência de empregos. Mr. Owen também não havia se apresentado para eles, assim como para os outros... e nem se apresentaria.


Quem é o misterioso Mr. Owen?

Em determinado momento, um gramofone interrompe drasticamente o pensamento do grupo e começa a tocar uma gravação que acusa cada um dos visitantes de ter cometido um crime específico. Quem é o autor dessa "brincadeira"? Como ele ficou sabendo desses crimes? Essas acusações são verdadeiras? É a partir daí que perguntas começam a surgir... e junto com as perguntas, terríveis tragédias também começam a acontecer: um por um, os visitantes são assassinados por um matador misterioso. E por mais que se tente, fugir dessa profecia macabra é impossível. As mortes seguem um poema que foi encontrado pendurado em um dos quartos da casa, o que faz tudo parecer ainda mais frio e sádico.

E Não Sobrou Nenhum, livros policiais, agatha christie, clássicos policiais


Outro fato que intriga à todos é que inicialmente existiam na sala de estar 10 soldadinhos decorativos em cima de uma mesa, e conforme uma pessoa morre, um soldadinho também desaparece da mesa misteriosamente. É a partir daí que o leitor percebe que aquelas pessoas não eram simples viajantes, mas sim peças do tabuleiro de um jogo macabro que só terminaria quando chegasse ao fim... quando não sobrasse mais nenhum

E agora eu te pergunto... quem é o assassino misterioso?




❝ O acabamento da obra

E Não Sobrou Nenhum, livros policiais, agatha christie, clássicos policiais

A edição original do livro é de 1939, e de lá pra cá o livro teve tempo de sobra para conquistar uma legião sem tamanho de fãs e admiradores. Reeditado em 2009 numa versão de excelente qualidade pela editora Globo, a nova edição possui 400 páginas que se enquadram nas medidas 14x21. As folhas são amarelas e grossas e as letras são de tamanho adequado, o que favorece aquela velha e boa leitura fluida que o leitor tanto gosta. A capa é muito bonita e toda arte final em si foi bem trabalhada, de modo que este exemplar seja um maravilhoso representante dessa leva de reedições contemporâneas de livros clássicos que estão sendo publicadas atualmente. Não encontrei erros de digitação, gramática ou qualquer outro, o que entregou mais alguns pontinhos à editora.




❝ Por que você deve ler

E Não Sobrou Nenhum, livros policiais, agatha christie, clássicos policiais

Você ficou intrigado por eu ter entregado todo o enredo da história de uma vez só na introdução da resenha? Pois não fique! Apesar de talvez serem consideradas como spoilers, as informações que passei não fazem tanta diferença na leitura pois a própria autora não fez questão de esconder que todos os personagens de seu livros seriam mortos, ao nomear sua obra com o título de E Não Sobrou Nenhum. Não é verdade? rs... creio que o toque principal da obra não esteja escondido no fato de quem morreu ou não, mas sim, em compreender como as coisas vão acontecendo - e é claro, descobrir quem é o assassino. Se você está iniciando agora suas leituras no gênero policial, eu recomendo firmemente este livro pois é quase como uma introdução a tudo o que você ainda possa ler na vida. A obra foi a precursora do estilo e a inspiração para tantas e tantas outras que ainda seriam lançadas no futuro, o que faz sua leitura ser praticamente obrigatória, dada sua tamanha importância. Escrito com maestria, o livro é um suspense de tirar o fôlego e a fórmula perfeita para te prender na cadeira até o final, imaginando o que virá em seguida ou qual será o próximo personagem a morrer. Ao termos contato com a obra, entendemos o porquê do livro ser considerado tão importante e classicamente um dos melhores livros já publicados. Se você é novato no gênero, este com certeza será o primeiro de muitos outros livros que você ainda lerá!



❝ Preste atenção
Fique atento aopoema que dá a base ao livro, cuja foto está acima. Ele carrega uma grande pista a respeito de quem é o assassino do grupo!




❝ Meu toque pessoal

E Não Sobrou Nenhum, livros policiais, agatha christie, clássicos policiais

Agatha possui algo que eu busco incessantemente na minha vida de pseudo-escritora e que seja talvez o que mais admiro nos autores, que é saber fazer um bom "gran finale". Sabe quando você termina de ler algo, seja um poema ou um capítulo de livro (às vezes alguns autores conseguem fazer isso em apenas duas linhas), e sente-se tipo: UAU! Este é o gran finale; quando você termina de ler algo, e pensa que nenhuma frase do mundo poderia ter te deixado tão intrigado ou surpreso. E esse livro faz isso o tempo todo! Outra coisa fantástica também é o modo como em certa altura do livro os personagens trocam confidências, ao mesmo tempo em que desconfiam de tudo e de todos. Essa dúvida é perturbadora, é uma constante luta desesperada pela sobrevivência convivendo lado a lado com as carências afetivas próprias do ser humano. Vale destacar também que uma das coisas mais legais do livro é que você acaba se sentindo meio que um detetive prestes a desvendar o mistério, pois até se vê carregando consigo anotações sobre cada personagem e cada mínimo diálogo que soe como duvidoso já é suficiente para você fazer uma anotação por escrito e ficar revirando páginas feito doido para confirmar a informação!




❝ Curiosidade

Publicado originalmente como Ten Little Niggers, o título causou muita polêmica ao ser acusado de racismo. No Brasil, era conhecido como "O Caso dos Dez Negrinhos" e carrega o novo título - "E Não Sobrou Nenhum" - desde 2008.




❝ Considerações finais

Cinco corações merecidos para um dos romances policiais mais eletrizantes que já li. Vale a pena correr até a livraria ou biblioteca mais próxima e garantir o seu. Leitura super rápida, ao mesmo tempo em que nos faz ficar grudado na cadeira até o livro acabar. Recomendadíssimo!


E Não Sobrou Nenhum, livros policiais, agatha christie, clássicos policiais


❝ Quiz

Já leu o livro? Ou já conhecia a história desde muuuuito tempo? Sabe tudo sobre a ilha mais comentada e polêmica de Sticklehaven? Então clique aqui e aqui também para testar seus conhecimentos a respeito desse mistério!


Um comentário:

  1. Queria ler esse livro há muito tempo e finalmente consegui. Agora entendo o motivo de ser uma obra tão falada. É simplesmente MARAVILHOSO e super rápido de ler.
    Acabei de ganhar mais um da autora, mas já imagino que não deva ser TÃO bom quanto foi esse hahahaha. De qualquer forma, estou curiosa :)


    Conhece o nosso blog? Estamos sempre retribuindo visitas e comentários de nossos amigos blogueiros :D
    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu interesse e disposição em comentar a postagem do blog!

Espero que tenha gostado de sua visita.
Volte sempre! :-)