11 de julho de 2016

Lançamento » Confissões do Crematório, de Caitlin Doughty


Se é novidade da caveirinha, já sabemos que podemos esperar algo para arrepiar nossos corações. O lançamento assombrado do mês da editora Darkside é o livro Confissões do Crematório, escrito pela agente funerária Caitlin Doughty. De uma forma bem-humorada e extremamente natural, a autora narra alguns casos que viveu dentro da sua profissão e mostra ainda o quanto essa experiência mudou a sua vida e a forma como ela via o mundo. Mais do que um livro, este é um compilado de razões pelas quais devemos entender questões envolvendo a mortalidade com mais leveza, deixando o medo de lado e substituindo-o por uma boa dose de informação e curiosidade. Vem só conferir!



Após conseguir seu primeiro emprego num crematório da Califórnia, Caitlin Doughty teve sua vida transformada para sempre (bem, não é pra menos, né?). Entre cinzas e ossos humanos, a jovem foi crescendo e percebendo com a ajuda da morte o verdadeiro significado da vida. A missão de Caitlin era preparar os corpos antes que eles fossem incinerados e reduzidos ao pó; De certo não é um trabalho para qualquer um, mas com muita coragem, nossa autora foi vivendo seus dias e transformou em lição de vida algo que provavelmente causaria medo e horror em pessoas comuns. Com um estilo peculiar de ser, Caitlin adequou seu trabalho à sua vida, e após tanto tempo trabalhando como agente funerária, resolveu escrever um livro relatando casos que ela viveu durante esse período, oferecendo para os seus leitores curiosidades mortuárias, respostas de questões que sempre quisemos perguntar a respeito do assunto (mas nunca tivemos a quem nos dirigirmos) e ainda enumera inúmeros fatos históricos e filosóficos a respeito da cultura da morte em nossa sociedade. O objetivo central do livro é desmistificar o conceito de morte e fazer as pessoas aceitá-la de forma mais natural, como o final de um processo biológico intrínseco ao ser humano.


Caitlin Doughty já é conhecida por manter um canal no Youtube chamado Order of the Good Death (mesmo nome do grupo que fundou para unir artistas, estudiosos e outros grupos para discutir a morte de uma forma mais informativa e natural), onde também mantém uma web série chamada Ask a Mortician e onde também costuma postar vários vídeos respondendo à perguntas e contando curiosidades sobre sua profissão. Se você manja de inglês, dá uma passada lá e mate grande parte de suas curiosidades a respeito da rotina de um agente funerário! Ah, e visite também o seu site clicando aqui!




Quem me conhece sabe que eu sou bem freak por assuntos mais creepy, como assombrações, cemitérios e morte falou a gótica suave, bloody kisses, mas acontece que desde cedo assuntos como esses sempre foram muito naturais para mim e estiveram sempre presentes em minha vida, e isso me faz ser realmente muito atraída por eles hoje em dia. Todo mundo não vai morrer mesmo, minha gente? Então vamos deixar de temer uma coisa que vai acontecer de um jeito ou de outro! E é por isso que esse livro me deixou tão ansiosa: Caitlin trata a morte justamente como ela é, como algo normal. Você consegue imaginar quantas histórias podem rolar dentro de um crematório, ou como funciona a cabeça de um ser humano que vive todos os seus dias tendo como companhia a morte? Definitivamente, ela tem muito para nos falar. E eu, pelo menos, já estou pronta para ouvir caaaada detalhe. E você? :D

3 comentários:

  1. Oi Débora, tudo bem?
    Acho que foi na semana passada que eu vi um blog mencionando esse livro. Achei bem diferente a proposta dele, e por ser diferente, chamou minha atenção. Fiquei bem curiosa.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  2. Oi Débora,
    Ainda não conhecia o livro e achei bem bacana a autora escrever sobre o assunto do seu primeiro emprego.
    Dica anotada aqui.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  3. Olá! Ameeeei essa capa! Esse livro parece ser incrível, quero muito ler! Tbm adoro assuntos mais creepy, mas é tão difícil achar livros do gênero atualmente, o povo tá mais voltado pra romances agora, o único gênero que não leio kkkkk
    Bom, com certeza vou adquirir esse, adorei!
    Não conhecia seu blog, é lindo!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu interesse e disposição em comentar a postagem do blog!

Espero que tenha gostado de sua visita.
Volte sempre! :-)